BALZAQUIANO FINALMENTE



Nascido em 07 de novembro de 1982, num domingo nebuloso ás 7h30 da manhã, no Hospital e Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, na cidade de Icó, no Sertão do Ceará.

Sim, hoje é meu ani­ver­sá­rio e, antes que o dia acabe gos­ta­ria de agra­de­cer sin­ce­ra­mente a todos aque­les que sepa­ra­ram um momento de suas vidas para dei­xar seu recado nas minha redes sociais, desde o mais sim­ples, direto e vis­ce­ral “para­béns” até lon­gos emails e car­tas. 

Admito que sou um homem de sorte e me sinto pro­fun­da­mente enter­ne­cido, embora, admita, não ache que nas­cer é uma faça­nha pela qual eu deva levar o cré­dito; o mérito é de minha mãe — que me car­re­gou por 9 meses — e de meu pai, que se diver­tiu (e fumou um cigarro) uma noite, 30 anos atrás.

Meu Deus… é mesmo, 30 anos, já!

E não sinto como se ficasse mais velho, na ver­dade, quase nunca me toco que che­guei aos 30 (ou qual­quer outra idade). Conhe­cem alguém que se esquece de quan­tos anos tem? Pois diver­sas vezes tive que fazer as contas.

Sou um homem de sorte por­que con­ti­nuo fas­ci­nado pelas mes­mas coi­sas de quando era mais criança: ainda me dá um cala­frio olhar as cons­te­la­ções, ver os pla­ne­tas, essas coi­sas sabe... (quem é fã dos Cavaleiros do Zodíaco sabe do que tô falando).

Tenho sorte de tra­ba­lhar fazendo o que amo, que é fazer música e ação cultural (e de ser pago para isso), sorte de estu­dar música, com pes­soas inte­res­san­tes, inteligentes e, claro, tenho sorte por ter tanta gente que dá a mínima para me escre­ver uma linha, ou uma palavra de felicitação.

Hoje é um momento especial de renovação para a alma e espírito. Desejo-me , um ano cheio de amor e de alegrias e para os que amo e que irei amar também.

Afinal fazer aniversário é ter a chance de fazer novos amigos, ajudar mais pessoas, aprender e ensinar novas lições, vivenciar outras dores e suportar velhos problemas. 

Sorrir novos motivos e chorar outros, porque, amar o próximo é dá mais amparo, orar mais e agradecer mais vezes. 

Então é isso, minha vida deu mais uma volta em torno do Sol e, na ver­dade, o pla­neta fez tudo sozi­nho; mas o legal disso tudo são as pes­soas, saber que eu, mesmo sem fazer nada, mereci tama­nha gen­ti­leza de tanta gente.



Muito Obri­gado a TODOS!


 "Tenha sempre boas palavras,
porque as suas palavras se transformam
em suas ações".

(Nitiren Daishonin)
SHARE

Bruno Kaoss

Um apaixonado por todas as formas de expressões artísticas, em especial a Música. QUESTIONADOR... Adoro divulgar informações e promover debates sobre questões sociais, econômicas, políticas, ambientais e culturais.

  • Image
  • Image