[11] Je suis poéte

(Bruno Kaoss)

Tão distante de mim, 
Tão distante de ti
Vagueio em pensamentos...

Salto, corro, digo, posto,
Pulo, mordo, pinto e bordo
Até que um dia eu fico mudo

Me ponho a pensar,
Me ponho a provar e minto...
Pois o que resta eu não sinto
E o que sinto é apenas o resto...
Apenas o resto, ohhhh

Sentimentos magoados por promessas
Como uma dose tomada as pressas

Eu vou tentar fugir,
Vou te deixar aqui de novo
Nesse mundo escroto
O que falo você julga engodo

Ouça aquela canção e lembre de mim
Dance alguma coisa e tente sorrir
Mas agora vou me redimir
Cansei de amar, eu quero whysk

Eu não preciso ser poeta pra fazer uma canção

Toque aquela canção que você fez pra mim
Dance alguma valsa de Tchaikovsky

Je suis poéte



SHARE

Bruno Kaoss

Um apaixonado por todas as formas de expressões artísticas, em especial a Música. QUESTIONADOR... Adoro divulgar informações e promover debates sobre questões sociais, econômicas, políticas, ambientais e culturais.

  • Image
  • Image